News

A escolha mais importante que o brasileiro fará nas Eleições 2022 | Evandro de Assis | NSC Total

todayagosto 15, 2022 1

Background
share close

Polarizada entre dois candidatos, a escolha do presidente nas Eleições 2022 tem uma característica inédita. Nunca tantos eleitores definiram com tamanha antecedência em quem votarão, de acordo com as principais pesquisas de opinião. Embora a campanha nem tenha começado e o jogo sempre pode reservar surpresas, há uma tendência de esvaziamento do debate sobre o principal cargo da República, com os eleitores entrincheirados em suas posições.

​> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

A democracia perde quando poucos estão dispostos a ouvir e muitos a falar, mas existe ao menos um viés positivo sobre o antagonismo entre petistas e bolsonaristas: haverá mais espaço nas Eleições 2022 para analisar os candidatos aos demais cargos, geralmente eclipsados pela disputa presidencial. Dentre estes, a composição da Câmara dos Deputados é a escolha mais importante que os brasileiros farão neste ano.

Levantamento recente da Quaest indicou que 85% dos eleitores não lembram em quem votaram para deputado federal há quatro anos. Não é exatamente uma surpresa. Com cinco cargos a preencher — em 2018, com dois senadores por Estado, eram seis —, o eleitor tende a prestar mais atenção aos candidatos à majoritária: presidente, governador e senador. Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados ficam em último plano. Sem reduzir a importância do Legislativo estadual, desta vez a Câmara Federal merece encabeçar a colinha do eleitor.

O poder dos deputados está hipertrofiado devido à bagunça que foi e é a articulação política do governo Jair Bolsonaro (PL). Nunca a cúpula do Congresso teve tanta influência no orçamento federal e sem precisar prestar contas a ninguém. Um presidente da Câmara sempre pôde muito, mas nenhum governou o país como faz Arthur Lira (PP), apoiado por uma legião de deputados clientelistas. Orçamento secreto e emendas PIX, que debilitam a capacidade do Executivo de formular políticas públicas abrangentes, estão encravados na Constituição do país.

Acesse o Guia das Eleições 2022 do NSC Total

Resultado disso é a tramitação a toque de caixa de assuntos complexos, com numerosos interesses em jogo. Independentemente do resultado da eleição presidencial, não há indicativo de mudança nesse estado de coisas. A menos que o eleitor mude de postura.

Deputados fazem a representação regional em Brasília e, sim, atraem recursos, mas a primeira tarefa deles é legislar. Nos próximos quatro anos, temas complexos devem ser debatidos em Brasília: proteção ambiental, sistema tributário, reforma administrativa, regras do sistema político-eleitoral, transparência e limite nos gastos públicos, energia e privatizações, entre outros.

Ao votar para deputado federal, cada eleitor precisa refletir sobre essas questões e então procurar candidatos que tenham opiniões semelhantes. Excluindo aqueles cuja atuação pregressa não recomenda confiança.

Tudo sobre as Eleições 2022

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia também

BR-101 em Itajaí tem velocidade média de 10 km/h em horários de pico

Visita de ministro a Blumenau selará apoio do MEC a nova universidade em SC

Urna eletrônica das Eleições 2022 tem alterações que previnem o voto nulo

Bolsonaro veta devolução do dinheiro investido por SC em rodovias federais

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Written by: admin

Rate it

Previous post

Em SC, 582 detentos têm direito à saída temporária durante o Dia dos Pais | NSC Total

News

Em SC, 582 detentos têm direito à saída temporária durante o Dia dos Pais | NSC Total

Em comemoração ao Dia dos Pais neste domingo (14), o Poder Judiciário de Santa Catarina concedeu o benefício de saída temporária para 582 presidiários. O número foi divulgado pelo Departamento de Polícia Penal (DPP).​Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp​De acordo com o DPP, as saídas são escalonadas, ou seja, os detentos não saem

todayagosto 15, 2022 4


0%