[Avaliação] Toyota Yaris ganha oito novidades na linha 2023: conheça

O Toyota Yaris está no Brasil desde 2018 na atual geração e só agora recebeu suas mudanças mais profundas. Ainda assim, um olhar desatento não vai reparar nos novos para-choques, rodas e itens como alerta de mudança de faixa que estrearam na linha 2023. O R7-Autos Carros avaliou a versão XLS do sedã para provar que o Yaris continua essencialmente o mesmo carro para quem busca a confiança e a tradição da marca.

TOYOTA YARIS 2023 ganhou 8 mudanças para superar o City: preços, versões e avaliação. Veja o vídeo!

Olhando para o Yaris 2023 fica evidente que a Toyota quis arriscar pouco nas atualizações. O carro ganhou algumas mudanças já apresentadas em outros países como a nova grade e nova moldura dos faróis auxiliares, inspirados no Corolla, bem como a moldura superior integrada ao farol e que agora traz um DRL em LED. Também mudaram as rodas aro 15 que parecem pequenas mas ganharam um novo desenho e cor acobreada.

Por dentro a mudança mais importante fica por conta do novo tecido dos bancos, mesclando couro e um novo material central. No banco de trás, há dois novos pontos de carregamento de 2.1Amp.

Apesar de manter o mesmo painel e revestimentos, o Yaris agora traz multimídia em todas as versões. Apesar disso, o equipamento não mudou nada. Traz espelhamento para Apple CarPlay e Android Auto que exige cabo de conexão, Bluetooth e rádio sem surpresas e sem uma resolução que surpreenda. Para o nicho no painel, merecia um equipamento maior e interface melhor.

Motor recalibrado e com novo sistema de exaustão
O Toyota Yaris ganhou também algumas novidades “invisíveis” como uma nova calibração do motor 1.5 quatro cilindros flex, solução bem tradicional que segue sem mudanças. Apesar disso o motor foi recalibrado e ganhou novo sistema de exaustão para reduzir emissões de poluentes, exigência do Proconve L7. As especificações não mudaram: o motor flex rende até 110cv e 14,9kgfm de torque trabalhando com câmbio automático do tipo CVT.

Novos itens de segurança
Na versão XLS há novidades como alerta de mudança de faixa com aviso sonoro e alerta de frenagem. Avanços importantes mas é preciso lembrar que no segmento já existem soluções como controle de Cruzeiro adaptativo, carregador de celular por indução, espelhamento sem fio de multimídia entre outras soluções que o Yaris ainda não oferece. Na parte de segurança agora há um novo airbag somando sete bolsas infláveis enquanto freios ABS e controles de tração e estabilidade seguem oferecidos como itens de série.

O que atrai um comprador para o Yaris
Ao acionar a partida por botão e rodar com o Yaris se nota o que atrai consumidores para o compacto da Toyota. Mesmo de construção e acabamento simples o carro se mostra silencioso, estável e com boa ergonomia a bordo. O motor de 110cv não é mais do que o suficiente, ficando dentro do esperado bem como o comportamento do câmbio CVT de relações mais lentas mas que preza pela economia. A relação de suspensão não sofreu qualquer mudanças e permanece precisa, silenciosa e com bom equilíbrio mantendo conforto.

AINDA VALE A PENA COMPRAR O TOYOTA YARIS? Por R$ 86 mil ele é melhor que Onix Plus, Logan e HB20S? Veja o vídeo!

Ao longo do nosso teste o carro chega a marcar 10km/l com etanol na cidade e 12,5km/l na estrada. Para seus 4,42m de comprimento  e 2,55m de entre eixos, sem falar na proposta mais familiar de um sedã de marca japonesa o Yaris é aquele carro confiável, estável e que transmite qualidade mecânica ainda que fique devendo alguns itens tecnológicos. O preço, no entanto, subiu bastante com essas mudanças pontuais.

YARIS USADO VALE A PENA? Problemas, características, análise e detalhes do Toyota. Veja o vídeo!

Lançado em fevereiro por R$ 114 mil o Yaris XLS sedã já custa R$ 118 mil na linha 2023. Caro? Sim mas é preciso considerar que sedãs compactos já estão na faixa dos R$ 110 mil como Hyundai HB20S, Chevrolet Onix, Fiat Cronos e Volkswagen Virtus. Considerando o New Honda City sedã na faixa de R$ 125 mil, bem mais equipado e mais caro, o Toyota se mantém fiel para o seu público e com algumas atualizações suficientes para se manter competitivo.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

março 23, 2022

Written by:

X