News

BRUTALIDADE: Vigilante é morto a pauladas após tentar defender a irmã

todaysetembro 18, 2022 5

Background
share close

O vigilante identificado como J. C. da C., 47, foi morto brutalmente a pauladas na madrugada deste sábado (17) na Rua Marechal Taumaturgo com Cruz Alta, bairro Três Marias, na zona Leste de Porto Velho (RO). Um suspeito de 33 anos foi detido.


O site apurou que o vigilante estava em casa na hora em que a irmã dele chegou embriagada dizendo que tinha sido agredida na rua. O irmão então teria ido tomar satisfação, mas acabou sendo morto com pauladas na cabeça.


Com a chegada da Polícia Militar, a irmã do vigilante teria apontado para um homem de 33 anos dizendo ser ele o autor do crime. 


O homem foi abordado e alegou que estava em um bar no momento em que ouviu gritaria e dois indivíduos saindo do local, um de bicicleta e o outro a pé aparentemente sendo um morador de rua.


O suspeito mostrou para a polícia a ligação que havia feito para a urgência do 190 e também apresentou duas testemunhas confirmando a versão dele.


Porém, mesmo assim devido a afirmação da irmã da vítima ele foi levado ao Departamento de Flagrantes. Os policiais civis da 1° Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Contra a Vida (DERCCV) continuarão nas investigações.







Aviso
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos e/ou envolvidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens e emitir algum juízo de valor.


Written by: admin

Rate it

Previous post

ESQUEMA DE TRÁFICO: Funcionário de empresa de alimentação levava drogas em marmitas para apenados

News

ESQUEMA DE TRÁFICO: Funcionário de empresa de alimentação levava drogas em marmitas para apenados

Três apenados foram conduzidos para o Departamento de Flagrantes na noite desta sexta-feira (16) após a descoberta de um esquema de tráfico de drogas que eram levadas em marmitas por um funcionário da empresa que fornece a alimentação no sistema penitenciário. O flagrante aconteceu no presídio Pandinha, em Porto Velho (RO). Os policiais penais receberam

todaysetembro 18, 2022 8


0%