News

Candidatos que usaram caso Lázaro na campanha perdem eleição

todayoutubro 3, 2022

Background
share close

Goiânia – Os três candidatos a deputado federal por Goiás que usaram o caso Lázaro em suas campanhas políticas não ganharam a eleição de 2022. Lázaro Barbosa foi um bandido acusado de vários homicídios e estupros, que foi alvo de uma gigantesca operação de captura durante 20 dias na região de Cocalzinho (GO) em junho de 2021, após matar uma família no Distrito Federal (DF). Ele foi localizado e morto em ação policial com dezenas de tiros.

Os 19.811 votos do candidato a deputado federal Coronel Edson Raiado (Avante) não foram suficientes para levá-lo à Câmara dos Deputados. Ele é ex-chefe de segurança do governador reeleito, Ronaldo Caiado (União Brasil), e liderava a equipe na ocorrência que capturou o criminoso.

O oficial até escreveu um livro sobre o caso. No material de campanha, o rosto de Lázaro era impresso em segundo plano e o candidato se denominava “o xerife de Goiás”.

Rodney Miranda dá entrevista sobre Caso Lázaro Barbosa

Rodney Miranda dá entrevista sobre Caso Lázaro BarbosaRafaela Felicciano/Metrópoles

Lázaro Barbosa morto

Lázaro Barbosa, 32 anos, foi morto após confronto com policiaisReprodução

Corpo de Lázaro Barbosa, maníaco procurado em megaoperação

O maníaco foi encontrado na manhã do dia 28 de junho em uma área de mataReprodução

Lázaro Barbosa

Lázaro Barbosa, foragido que mobilizou a polícia de GO e do DF em junho deste anoReprodução

Lázaro Barbosa

Lázaro Barbosa foi morto no dia 28 de junhoReprodução

Força-tarefa atua para capturar Lázaro Barbosa

Movimentação de equipes durante as buscas pelo criminoso Hugo Barreto/ Metrópoles

buscas a Lázaro Barbosa em Goiás

Buscas por Lázaro Barbosa mobilizaram forças policiaisHugo Barreto/Metrópoles

Buscas a Lázaro Barbosa

Buscas a Lázaro BarbosaHugo Barreto/ Metrópoles

Décimo sexto dia de operação para prender Lázaro Barbosa

16º dia de operação para prender Lázaro BarbosaHugo Barreto/Metrópoles

Décimo sexto dia de operação para prender Lázaro Barbosa

Hugo Barreto/Metrópoles

Décimo sexto dia de operação para prender Lázaro Barbosa

Hugo Barreto/Metrópoles

Décimo sexto dia de operação para prender Lázaro Barbosa

Hugo Barreto/Metrópoles

Décimo sexto dia de operação para prender Lázaro Barbosa

Hugo Barreto/Metrópoles

Décimo sexto dia de operação para prender Lázaro Barbosa

Décimo sexto dia de operação para prender Lázaro BarbosaHugo Barreto/Metrópoles

Décimo sexto dia de operação para prender Lázaro Barbosa

Hugo Barreto/Metrópoles

Décimo sexto dia de operação para prender Lázaro Barbosa

Hugo Barreto/Metrópoles

Buscas a Lázaro Barbosa

Buscas a Lázaro BarbosaHugo Barreto/Metrópoles

Buscas a Lázaro Barbosa

Hugo Barreto/Metrópoles

Buscas a Lázaro Barbosa

A polícia procura suspeito de trocar tiros com o dono de uma chácara em GirassolHugo Barreto/Metrópoles

Décimo Quinto dia de operação para prender Lázaro Barbosa

Hugo Barreto/Metrópoles

Décimo Quinto dia de operação para prender Lázaro Barbosa

Hugo Barreto/Metrópoles

Décimo Quinto dia de operação para prender Lázaro Barbosa

Hugo Barreto/Metrópoles

Décimo Quinto dia de operação para prender Lázaro Barbosa

Hugo Barreto/Metrópoles

Décimo Quinto dia de operação para prender Lázaro Barbosa

Hugo Barreto/Metrópoles

Décimo Quinto dia de operação para prender Lázaro Barbosa

Hugo Barreto/Metrópoles

Lázaro Barbosa

Lázaro Barbosa era procurado por crimesReprodução/PCGO

Ex-comandante da Rotam (batalhão de elite da PM de Goiás), o candidato Coronel Benito Franco (PL) fez boa parte da campanha com ataques ao governador Ronaldo Caiado e às buscas por Lázaro. Ele chegou a participar da procura pelo criminoso, mas na eleição criticou a condução da operação, dizendo que teria condições de achar o bandido de forma mais rápida, mas que teria sido impedido. O oficial teve 10.343 votos e perdeu a eleição.

Menos votado dos três, o ex-secretário de Segurança Pública Rodney Miranda (Republicanos) também foi candidato a deputado federal e perdeu com 4.869 votos. Ele era secretário na época das buscas por Lázaro e usou a caçada ao criminoso com principal mote da sua campanha, inclusive realizando visitas pessoalmente à cidade de Cocalzinho.

Ao ser atacado pelo então candidato Benito Franco, ele defendeu a operação de buscas e negou qualquer irregularidade. Rodney também é delegado da Polícia Federal aposentado.

Written by: admin

Rate it

Previous post

Cantora Mara Lima é reeleita deputada estadual no Paraná

News

Cantora Mara Lima é reeleita deputada estadual no Paraná

A cantora gospel Mara Lima (Republicanos) conseguiu se reeleger para mais um mandato como deputada estadual no estado do Paraná. A artista evangélica foi reeeleita com 46.009 votos e irá disputar mais um mandato a partir de 1º de janeiro de 2023. A parlamentar iniciou a carreira política em 2008, quando foi a vereadora mais

todayoutubro 3, 2022


0%