News

Ciro Gomes acusa Bolsonaro de manipular a fé dos brasileiros

todayagosto 19, 2022 2

Background
share close

O candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) criticou nesta quinta-feira (18) a boa relação que o presidente Jair Bolsonaro tem com os evangélicos.

O ex-governador do Ceará participou de uma sabatina realizada pela Associação Comercial de São Paulo e fez declarações polêmicas sobre o assunto.

“Bolsonaro manipulando a fé do povo, incitando esse fundamentalismo que acaba descambando para a violência e o genocídio”, disse Ciro.

Sobrou também para o ex-presidente Lula que também tem entrado nesta “guerra santa” com Bolsonaro. “E o Lula lança dizendo que o Bolsonaro usa Deus e Deus usa o Lula. Neste caso, Bolsonaro já ganhou. O que nós temos que dizer é: a liberdade religiosa é um valor que é o estado nacional laico, tem que proteger e guardar, porque todas as vezes que os corruptos da política usaram a religiosidade, a fé legítima do nosso povo ou de qualquer nação, deu naquilo que nós conhecemos: regimes fundamentalistas violentos”, completou.

O pedetista só não citou que ele, mesmo criticando as religiões, já apareceu este ano em um culto evangélico, acompanhado de Cabo Daciolo, e em uma missa em Salvador (BA) na última semana.

A visita à Igreja Católica não agradou os fiéis que se recordam de uma fala polêmica de Ciro Gomes. Em 2017, durante uma participação do Brasil Fórum UK, o político declarou: “Eu quero o controle social. E o fim da ilusão moralista católica. O fim da ilusão. A humanidade precisa de controle”.

Redação Exibir Gospel /Leiliane Lopes

Written by: admin

Rate it

Previous post

Senhora de 80 anos protesta contra pessoa trans no chuveiro feminino da YMCA, é banida da piscina e xingada por ativistas

News

Senhora de 80 anos protesta contra pessoa trans no chuveiro feminino da YMCA, é banida da piscina e xingada por ativistas

Uma idosa do estado de Washington que foi permanentemente banida de sua piscina local da YMCA depois de dizer a um funcionário transgênero para deixar o vestiário feminino foi assediada por ativistas transgêneros em um comício na noite de segunda-feira.  Um post da Reduxx Magazine revela que ativistas trans estavam gritando “direitos trans são direitos humanos” para

todayagosto 19, 2022 3


0%