Conheça o sistema penitenciário do Japão, um dos mais rigorosos do mundo

O Domingo Espetacular falou com um brasileiro que sentiu na
pele a dificuldade de se adaptar às regras das cadeias

Para ver este vídeo, ative o JavaScript e considere atualizar para um navegador da Web que

suporta vídeo HTML5

Fábio Mesquista é um rapper brasileiro. No Japão, trabalhava doze horas numa fábrica, e nos fins de semana, fazia shows. Até que um dia foi preso por causa de um cigarro de maconha. Ele entrou em um dos sistemas penitenciários mais duros e rigorosos do planeta. As celas não tem grades, são extremamente limpas, organizadas e com espaço. Mas se os presos saírem da linha, enfrentam punições próximas à tortura. 

Últimas

junho 20, 2022

Written by:

X