News

Criticadas, cantoras evangélicas falam sobre encontro com Bolsonaro em Brasília

todaysetembro 7, 2022 1

Background
share close

Na semana passada dezenas de pastoras, cantoras e mulheres de pastores estiveram em um chá de mulheres organizado pela primeira-dama, Michelle Bolsonaro no Palácio da Alvorada. O presidente Jair Bolsonaro e a ministra da Mulher, Cristiane Britto, também estiveram presentes.

Os críticos do atual presidente se voltaram contra as cantoras que estavam no evento e usaram as redes sociais para atacá-las.

Até mesmo famosos enviaram mensagens ruins. Em comentário feito na postagem de um teólogo ligado à esquerda, a apresentadora Xuxa Meneghel que chamou as mulheres evangélicas que estiveram com o presidente Jair Bolsonaro e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, na semana passada de “interesseiras”.

“Elas têm interesse … pois se não tivesse, não poderiam nunca estar do lado desse senhor”, escreveu a Rainha dos Baixinhos que é uma das principais críticas ao atual presidente.

Algumas das cantoras atacadas pelo público ligado à esquerda se manifestaram pedindo respeito e explicando porque estiveram em Brasília.

Ana Nóbrega, por exemplo, falou do quanto é difícil permanecer no ministério e que não recebe o mesmo retorno em suas redes quando produz uma nova música como recebe quando fala de política.

“Gostaria de dizer que estou tão maravilhada com o que vivi, com o que o Espírito Santo me deu direção para fazer, adorar, orar, para pôr a palma das minhas mãos e a planta dos meus pés literalmente nesse lugar que o que quer que falem, seja bom, seja mau, não importará!’

Ela diz ainda que lamenta quem acha que as participantes daquele culto de mulheres sejam massa de manobra política e que todos os acontecimentos políticos foram e serão fruto de oração.

Eyshila falou diretamente para as mulheres sobre as dezenas de leis aprovadas em prol delas e que  não tiveram divulgação na grande mídia e faz um aviso importante: “Se o nosso atual presente não vencer, só nos resta o destino dos nossos vizinhos: perseguição religiosa, miséria, falência, comunismo… Que Deus tenha misericórdia de nós”.

A cantora Cassiane, por sua vez, esclareceu o que foi fazer no Palácio da Alvorada na semana passada: “Fui orar, abençoar, cantar e profetizar… ou seja, cumprir o propósito para o qual Deus me chamou: abençoar! Pátria Amada Brasil”.

Redação Exibir Gospel / Leiliane Lopes

Written by: admin

Rate it

Previous post

Débora Favacho lança “Quem Era Eu”, seu segundo single pela Futura Music

News

Débora Favacho lança “Quem Era Eu”, seu segundo single pela Futura Music

A cantora Debora Favacho acaba de lançar seu segundo single oficial pela Futura Music, gravadora sediada em Bruxelas, capital da Bélgica (Europa). “Quem Era Eu” tem composição assinada por Dimael Kharrara, conhecido no gospel por diversas canções interpretadas por artistas como Cassiane, Amanda Wanessa, Beatriz e Léa Mendonça. O single já se encontra disponível em

todaysetembro 7, 2022 3


0%