News

Direita domina TikTok, mas Lula já rivaliza com Bolsonaro, aponta estudo

todayagosto 19, 2022 6

Background
share close

Rede social do momento, o TikTok já é palco da disputa entre os principais candidatos à Presidência da República. Atento ao fenômeno, o bolsonarismo chegou primeiro à plataforma e já domina todas as estatísticas de engajamento em comparação com a esquerda.

Pesquisa a que o UOL teve acesso indica que os vídeos de curta duração produzidos pela direita bolsonarista no TikTok são mais vistos, mais curtidos, mais compartilhados e mais comentados dos que os da esquerda. Por outro lado, os vídeos compartilhados por Luiz Inácio Lula da Silva (PT) bateram os do presidente Jair Bolsonaro (PL) por três semanas seguidas. Na última semana, porém, o presidente voltou a superar o petista.

Bolsonarismo domina o TikTok O levantamento é da doutoranda em Comunicação pela UFF (Universidade Federal Fluminense) Luiza de Mello Stefano, pesquisadora do CoLAB (Laboratório de Pesquisa em Comunicação, Culturas Políticas e Economia da Colaboração), da UFF.

A coleta dos dados, entre 8 e 14 de agosto, revela domínio do bolsonarismo nos principais índices de engajamento:

Vezes em que os vídeos foram assistidos

Extrema direita: 2,9 milhões

Esquerda: 1,9 milhão

Likes

Extrema direita: 248 mil

Esquerda: 168 mil

Compartilhamento

Extrema direita: 15,6 mil

Esquerda: 10,4 mil

Comentários

Extrema direita: 6.769

Esquerda: 3.895

Hashtags visualizadas

Extrema direita: 268,3 milhões

Esquerda: 184,5 milhões

A classificação de esquerda e extrema direita é da autora, que integra um conjunto de pesquisadores que monitoram as redes de grupos políticos e sociais. Ela enquadrou os canais bolsonaristas como de extrema direita em razão do conteúdo dos discursos, parte deles considerados “ofensivos, com ataque à democracia, à integridade eleitoral e disseminação de fake news”.

“A extrema direita é muito organizada” Segundo a pesquisadora, o sucesso da direita bolsonarista no TikTok se deve à organização da extrema direita, com forte tradição em redes sociais.

“O TikTok tem influenciadores muito fortes da extrema direita, o que a gente não vê na esquerda”, afirma. “As narrativas, com hashtags, vêm muito dessa organização.”

O trabalho central da extrema direita no TikTok é propagar os argumentos do Bolsonaro. Há muito ataque aos ministros do STF [Supremo Tribunal Federal], às urnas, divulgação da agenda política, como motociatas, e vídeos debochando de matérias jornalísticas.”

Luiza de Mello Stefano, pesquisadora

Esquerda chegou atrasada ao TikTok Enquanto Bolsonaro embarcou na rede social em outubro do ano passado, Lula só criou seu canal em maio deste ano. Ao UOL, a pesquisadora diz que “foi um pouco tardia” a chegada da esquerda à plataforma.

“Uma conta oficial ajuda a construir uma base organizada para disseminar conteúdo”, diz. “A esquerda estava difusa no TikTok. Fazia barulho, mas de forma desorganizada.”

Enquanto esteve fora do TikTok, Lula ainda “perdia a oportunidade de figurar no topo da principal busca da plataforma”, diz Maria Carolina Lopes, mestra em ciência política pela UnB (Universidade de Brasília), doutoranda e pesquisadora em comunicação digital pela Universidade Pompeu Fabra, em Barcelona. “E aparecer nessa busca é muito relevante.”

Vídeos do Lula começam a fazer sucesso Stefano diz que a base lulista “começou a se organizar depois que Lula entrou na plataforma”.

Já agrupada, a esquerda conseguiu aumentar o alcance no TikTok, principalmente por meio dos vídeos publicados pelo perfil do ex-presidente. Por três semanas seguidas, Lula conseguiu ter vídeos mais assistidos do que os de Bolsonaro.

O último deles foi compartilhado na semana de 1º e 7 de agosto. Teve quatro vezes mais audiência do que o vídeo com maior alcance publicado pelo perfil do presidente naquela semana.

Trata-se de trecho de um comício em que Lula relata os motivos pelos quais quer voltar ao poder. “Para o meu povo comer, trabalhar, estudar e ser feliz”, afirma o petista.

Naquela semana, o vídeo mais assistido no perfil de Bolsonaro continha um trecho do programa Pânico que comenta, “em tom de ironia e deboche”, reportagens contrárias ao presidente, diz a pesquisa.

Bolsonaro aparece fazendo duplo ataque a Lula e à imprensa: “Com saudades do ladrão e disposta a jogar fora a sua própria liberdade em troca da volta das generosas verbas de publicidade, grande parte da velha imprensa tornou-se incapaz de divulgar os avanços do Brasil sem um ‘mas’ para minimizá-los”.

A comparação entre esses dois vídeos ficou assim:

Visualizações

Lula: 4,4 milhões

Bolsonaro: 980,5 mil

Curtidas

Lula: 270,3 mil

Bolsonaro: 104 mil

Compartilhamentos

Lula: 33,4 mil

Bolsonaro: 18,7 mil

Comentários

Lula: 14,8 mil

Bolsonaro: 1,4 mil

Segundo Stefano, “Lula conseguiu bom desempenho nessas três semanas utilizando vídeos com conteúdo emotivos, fortes”, mas a tendência já se reverteu entre 7 e 14 de agosto.

“A liderança varia dependendo dos acontecimentos da semana”, diz. “Nesta [semana], houve forte repercussão da participação do Bolsonaro no Flow Podcast.”

O vídeo de Bolsonaro campeão de audiência na semana explorou justamente um trecho no Flow em que ele critica Lula usando a seguinte analogia: “Você quer botar esse cara para roubar teu banco de novo? Já viu que não deu certo”.

Já o ex-presidente compartilhou o trecho de um vídeo em que Anitta divulga no Poddelas um áudio de Lula em resposta a um convite feito pela cantora para que ele também participasse do podcast.

A comparação entre esses dois vídeo ficou assim:

Visualizações

Bolsonaro: 1,5 milhão

Lula: 673 mil

Curtidas

Bolsonaro: 129,5 mil

Lula: 60 mil

Compartilhamentos

Bolsonaro: 10 mil

Lula: 4 mil

Comentários

Bolsonaro: 1,8 mil

Lula: 2,4 mil

TikTok é muito diferente do Facebook ou Instagram A linha do tempo principal no Tiktok é feita principalmente por vídeos de perfis que o usuário não segue. Um algoritmo oferece o conteúdo depois de avaliar as preferências do usuário —como compartilhamento, curtida ou comentário— e o tempo gasto assistindo aos vídeos.

“O TikTok tem uma lógica muito diferente das redes sociais da Meta, controladora do Facebook e Instagram”, diz Maria Carolina, da Universidade Pompeu Fabra. “E no TikTok, a métrica mais relevante é quantas vezes o seu vídeo é assistido.”

Na comparação dos conteúdos, Stefano diz que “Bolsonaro publica muito mais do que o Lula”. “São vídeos menos elaborados que do ex-presidente, que tenta ser mais lúdico e visual”.

A pesquisadora diz acreditar que o pestista tem potencial para crescer na plataforma uma vez que tem vantagem entre o eleitorado jovem, alvo principal do TikTok.

Maria Carolina, destaca, porém, que as características da rede social são uma vantagem ao bolsonarismo:

“O TikTok é perfeito para uma comunicação sem intermediários, memetica, simples, e que a direita, há muito tempo, entendeu que seria a nova lógica da internet”, diz.

O UOL procurou o TikTok e as campanhas de Lula e Bolsonaro, mas não recebeu resposta até a publicação desta reportagem.

Written by: admin

Rate it

Previous post

9 acessórios imperdíveis para quem curte tirar fotos no celular

News

9 acessórios imperdíveis para quem curte tirar fotos no celular

Gosta de fotografar com o seu smartphone e quer mandar bem neste Dia Internacional da Fotografia, celebrado nesta sexta-feira (19)?Tilt separou para você nove itens que irão turbinar ainda mais as suas fotos tiradas com o celular. Câmeras fotográficas profissionais sempre terão as melhores qualidades e configurações. No entanto, com o avanço da tecnologia, os celulares não têm ficado para trás.Hoje em dia, é possível fazer fotos excelentes com o […]

todayagosto 19, 2022 4


0%