Estudante nota mil na redação do Enem também é ouro em olimpíada de química

A estudante Cassia Caroline Aguiar, 18 anos, ainda está admirada com sua conquista: tirou nota mil na redação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). “Eu tinha muita dificuldade em redação, demorava horas para escrever, e tirar a nota máxima foi uma surpresa.”

Cassia sempre foi uma aluna mais do que exemplar — ela coleciona medalhas em olimpíadas de conhecimento de química e física. A maratona de estudos e provas começou ainda no 9º ano do ensino fundamental e a rotina de muitas horas de dedicação aos livros acompanhou a estudante ao longo de todo o ensino médio no Colégio Master, em Fortaleza.

“Eu estudava à tarde e participava da classe preparatória para as olimpíadas, entrava de manhã e saía no início da noite da escola”, conta. A dedicação rendeu ouro na OBF (Olimpíada Brasileira de Física) e na OBQ (Olimpíada Brasileira de Química), além de bronze na Olimpíada Internacional de Química.

“Mas no último ano do ensino médio, além das aulas, eu também participava da sala especial para preparação para o vestibular do ITA e do IME (Instituto Militar de Engenharia); cheguei a ficar das 7h às 21h30 no colégio.”

Dois meses antes das provas, Cassia descobriu a paixão por medicina. “Mudei meu foco e passei a me dedicar mais de olho no Enem”, diz. Nesse período, a jovem focou a produção de textos. “Eu escrevia um por semana, tinha muita dificuldade, levava horas para fazer uma redação, e eu tinha de treinar o tempo, que é muito precioso no Enem.”

Para facilitar a vida no dia do exame e ganhar tempo, Cassia tinha uma estrutura de texto pronta em sua cabeça. “Já sabia quais os conectivos que usaria em cada parágrafo e uma base de argumentação que poderia se encaixar no tema; na dissertação eu discuti a negligência governamental e a falta de informação.”

Agora, Cassia se prepara para encarar a disputa de vagas do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) na próxima semana (entre os dias 15 e 18) para garantir uma vaga no curso de medicina na UFC (Universidade Federal do Ceará).

abril 20, 2022

Written by:

X