Exportações do agronegócio superam 50% da pauta brasileira

As exportações do agronegócio brasileiro em abril totalizaram quase US$ 15 bilhões, valor recorde para o mês. O montante é aproximadamente 15% maior em relação ao mesmo período de 2021 e representa pouco mais de 50% de todo o faturamento das vendas do Brasil no primeiro quadrimestre de 2022.

Os dados são do Ministério da Agricultura. De acordo com com a pasta, “a elevação dos preços dos alimentos no mercado internacional explica o incremento no valor das exportações, mesmo depois da queda no volume embarcado”.

Liderando as exportações do agronegócio

Os produtos dos complexos da soja, carnes bovina e de frango e do café lideraram a pauta de exportação do agronegócio brasileiro em abril. Quanto ao valor das importações de itens do setor, ele foi 11 vezes menor em comparação às vendas — totalizando pouco mais de US$ 1 bilhão.

Soja, carro-chefe

A cadeia da soja lidera as exportações do agronegócio brasileiro. Em abril, mais da metade de todo o valor faturado com as vendas no mercado externo do setor veio da soma dos embarques do grão in natura, do óleo e do farelo.

Carnes bovina e de frango

Com as vendas de carne, foram pouco mais de US$ 2 bilhões em exportações em abril de 2022. Ou seja: houve o crescimento acima de um terço sobre 12 meses anteriores.

Café

Quanto ao café, o valor chegou a US$ 735 milhões, expansão de 44% sobre o mesmo mês do ano passado. A elevação ocorreu em decorrência do aumento do preço, uma vez que a quantidade exportada caiu 20%.

Acumulado do ano

Ao todo, a soma das exportações do agro brasileiro de janeiro e abril de 2022 ficou próxima de R$ 50 bilhões. Desse modo, há um incremento de 36% sobre o ano passado.

Leia também: “O agronegócio alimenta o Brasil”, matéria de Artur Piva para a Edição 113 da Revista Oeste

maio 23, 2022

Written by:

X