News

Fone auricular, intra-auricular, supra e circumaural: qual a diferença?

todayagosto 13, 2022 1

Background
share close

Se você pretende comprar um fone de ouvido e fez uma rápida pesquisa na internet, deve ter percebido que são diversas marcas e opções. Qual é a melhor escolha para a sua necessidade?

Uma das características para levar em consideração é o ajuste do fone no seu ouvido. Há quatro tipos: o auricular, o intra-auricular, o supra-auricular e circumaural. Cada um tem as suas vantagens — e faixas de preço.

Fones de ouvido também foram o tema do mais recente Tilt Lab Day, que elegeu os melhores modelos em quatro categorias. Confira a lista dos vencedores e assista à premiação no vídeo no topo desta página.

Jovem, moça, garota, mulher usando fone de ouvido - iStock - iStock

Imagem: iStock

Fone auricular

Também conhecidos como “earbuds”, são os mais comuns e também os mais baratos. Geralmente, é o tipo incluso na aquisição de um smartphone.

Eles não são introduzidos no canal auditivo: chegam apenas até o ouvido externo, apenas na superfície da orelha.

Por serem mais confortáveis, o fone auricular costuma ser utilizado por quem não se acostumou com o intra-auricular.

Mas ele tem suas desvantagens. Por exemplo: há poucas opções com Bluetooth. A maioria ainda usa fios, que podem se desgastar rapidamente ou arrancá-los das orelhas com uma leve puxada. (Portanto, são uma opção bem ruim para quem ouve música enquanto faz exercícios.)

A qualidade do som também costuma ser inferior à dos rivais.

Fone de ouvido JBL Endurance Race TWS - Divulgação/JBL - Divulgação/JBL

Fone de ouvido JBL Endurance Race TWS

Imagem: Divulgação/JBL

Fone intra-auricular

São parecidos com os auriculares, mas possuem uma ponta (normalmente de silicone) que é inserida no ouvido. Eles chegam mais fundo no canal auditivo, melhorando a acústica do som.

Esse encaixe também diminui o ruído externo. Barulho de carro, gente conversando ou música ambiente vão interferir menos na playlist ou no podcast que você está ouvindo.

Nesse modelo, já predominam as versões com Bluetooth, portanto mais adequada para uso em movimento.

Desvantagens: algumas pessoas alegam incômodo com o formato, principalmente quem precisa utilizar por um longo período. E, como ficam alocados diretamente no canal do ouvido, o uso prolongado a longo prazo pode trazer problemas de audição.

Fone de ouvido HyperX Cloud Alpha S - DIvulgação/HyperX - DIvulgação/HyperX

Fone de ouvido HyperX Cloud Alpha S

Imagem: DIvulgação/HyperX

Fone supra-auricular

Popularmente conhecido como headset, esse tipo de fone possui muitas opções no mercado, com fio ou Bluetooth.

Uma das grandes vantagens em relação aos dois anteriores é o conforto, já que fica em cima de toda a orelha e é acolchoado. Por outro lado, é mais pesado e difícil de carregar.

Nem sempre funciona na academia: o suor pode estragar as almofadas e, dependendo do modelo, a movimentação mais intensa pode removê-lo das orelhas. (É uma boa pedida para games ou escritório, por exemplo.)

Apesar de ser mais caro que os intra ou auriculares, seu custo-benefício é melhor, já que a qualidade sonora costuma ser bem superior. Além disso, o design possibilita maior isolamento acústico.

Porém, um alerta: nem todo fone “com arco” é necessariamente bom. Modelos com estampas divertidas ou feitos para crianças costumam apresentar tecnologia de áudio mais básica escondida no design de headset.

Fone de ouvido Sennheiser Momentum 3 Wireless - Divulgação/Sennheiser - Divulgação/Sennheiser

Fone de ouvido Sennheiser Momentum 3 Wireless

Imagem: Divulgação/Sennheiser

Circumaurais

São popularmente conhecidos como headphones e recebem o nome de circumaurais por conta de seu formato, que circunda toda a orelha das pessoas. Com isso, oferece o melhor isolamento acústico possível e bastante conforto.

A qualidade do áudio também supera todos os modelos anteriores, sendo os favoritos dos gamers ou de quem procura um produto mais premium. (Assim como o supra-auricular, ele não é tão recomendado para atividades físicas.)

Falando em “premium”, já dá para imaginar: o problema aqui é o preço. Há opções que passam dos R$ 3 mil.

Written by: admin

Rate it

Previous post

“Cirurgia é o novo sexo”: Cronenberg provoca o biohacking em seu novo filme

News

“Cirurgia é o novo sexo”: Cronenberg provoca o biohacking em seu novo filme

Depois de quase uma década de silêncio, David Cronenberg retorna ao cinema com "Crimes do Futuro" (Crimes of the Future). O título é curioso não apenas pelo significado literal que ele suscita, mas porque o diretor canadense já havia lançado em 1970 um curta de mesmo nome e que nada tem a ver com o longa estrelado por Viggo Mortensen, Léa Seydoux e Kristen Stewart.A referência ao passado, contudo, não […]

todayagosto 13, 2022 2


0%