News

Léo Lins é condenado a indenizar mãe de menino autista

todayagosto 19, 2022 8

Background
share close

O comediante Léo Lins foi condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo a pagar uma indenização de R$ 44 mil por danos morais à mãe de criança autista. O humorista também responde por agressão verbal, por ter respondido à autora da ação de maneira ofensiva.

Léo Lins pode ser preso

O humorista está em maus lençóis, isso porque, se condenado pela agressão verbal à qual está respondendo, ele pode pegar até três anos de prisão. Quem moveu processo contra Léo Lins foi Adriana Cristina da Costa Gonzaga. Em 2020, ela enviou uma mensagem nas redes sociais do humorista após ver um vídeo dele com a então namorada, onde ela dizia: “Como em todas as festas, ele não fala nada, é um pouco autista”.

A fala de Aline Mineiro repercutiu nos grupos de mães de crianças autistas e foi muito criticada.

Adriana, na ocasião, enviou uma mensagem para Léo Lins e pediu que ele conversasse com a namorada para que ela se retratasse, pois a fala de mau gosto ofendeu a comunidade autista. O humorista respondeu usado uma série de palavras de baixo calão.

Léo Lins assume ofensas

O comediante assumiu ter escrito as ofensas, mas disse que não direcionou a fala para a comunidade autista, mas sim apenas para Adriana. Marcela Filus, juíza do caso, alegou que na vida do humorista esse não é um caso isolado. A juíza disse ainda que uma rápida busca na internet mostra que Léo Lins costuma ofender pessoas portadoras de deficiência ou dificuldades.

O humorista foi desligado do SBT recentemente por conta de uma piada couma cm riança com hidrocefalia. Na ocasião, ele disse que a criança carregava toda a água de seu estado na cabeça e que o pai nem precisava abrir um poço para obter o recurso, que no Nordeste, de onde a criança é, é escasso.

© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS







Written by: admin

Rate it

Previous post


0%