News

Lula diz que menção a Ku Klux Klan era sobre palanque de Bolsonaro

todaysetembro 9, 2022 4

Background
share close

Lula diz que menção a Ku Klux Klan era sobre palanque de Bolsonaro

Ex-presidente tentou amenizar fala depois de ser criticado por ter comparado atos bolsonaristas com movimento supremacista branco


Reprodução/TV Globo – 25.ago.2022

A 1ª menção do petista ao movimento foi feita em comício realizado com apoiadores em Nova Iguaçu (RJ) na noite de 5ª feira (8.set); na imagem, o ex-presidente Lula em entrevista ao “Jornal Nacional”



09.set.2022 (sexta-feira) – 17h07


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tentou amenizar nesta 6ª feira (9.set.2022) a comparação que fez dos atos bolsonaristas realizados no feriado de 7 de Setembro com a Ku Klux Klan, movimento que defende o supremacismo branco e é contra imigrantes. Ele disse que fez referência apenas ao palanque em que estava o presidente Jair Bolsonaro (PL) e não às pessoas que participaram dos eventos.

“O palanque, aqui de Copacabana, pela fotografia que eu vi, e eu só vi na televisão, era supremacia branca no palanque. Eu até comparei que parecia um pouco a Ku Klux Klan, só faltou o capuz, só faltou a máscara. Um palanque de uma elite que tinha um cidadão vestido de Louro José que era o artista principal da festa”, disse em entrevista a jornalistas. 

A 1ª menção do petista ao movimento, que nasceu no século 19 nos Estados Unidos, foi feita em comício realizado com apoiadores em Nova Iguaçu (RJ), na baixada fluminense, na noite de 5ª feira (8.set). 

Após a comparação, apoiadores de Bolsonaro começaram a divulgar nas redes sociais imagens de pessoas negras participando dos atos em apoio a Bolsonaro. Aliados do presidente também têm explorado o fato de que integrantes da cúpula do PT e da campanha presidencial de Lula são, em sua maioria, homens brancos.

A equipe de Bolsonaro também já separou inúmeras imagens de minorias nos comícios do 7 de Setembro para veicular nas propagandas de rádio e televisão.

O candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) também criticou a comparação feita por Lula. “É este o homem que quer pacificar o país?”, indagou o pedetista em post no Twitter.

o Poder360 integra o

curtiu a reportagem? Compartilhe sua opinião

apontar erros neste texto

Written by: admin

Rate it

Previous post

Assista ao delegado relatar crime em que lulista foi morto no MT

News

Assista ao delegado relatar crime em que lulista foi morto no MT

A Polícia Civil do Mato Grosso divulgou um vídeo do delegado de Confresa Victor Donizete contando detalhes sobre o assassinato de Benedito Cardoso dos Santos. Apoiador do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ele foi morto a facadas por Rafael Silva de Oliveira, apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL). A motivação do crime, segundo

todaysetembro 9, 2022 5


0%