News

Lula fala por 30 minutos no “JN”; Bonner e Renata, por 10 min

todayagosto 26, 2022 3

Background
share close

Lula fala por 30 minutos no “JN”; Bonner e Renata, por 10 min

Candidato a presidente, petista criticou Bolsonaro, reconheceu erros do governo Dilma e falou sobre corrupção


divulgação/g1/Marcos Serra Lima– 25.ago.2022

Lula ao lado dos apresentadores William Bonner e Renata Vasconcellos, antes de sabatina do “JN”, na “TV Globo”



26.ago.2022 (sexta-feira) – 1h27


O ex-presidente e candidato ao Palácio do Planalto, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), falou por 30min16s dos 40 minutos de entrevista ao Jornal Nacional nesta 5ª feira (25.ago.2022). O restante do tempo, 9min44 minutos, foi ocupado pelas perguntas dos apresentadores William Bonner e Renata Vasconcellos.

Em suma, o petista ocupou 75% do tempo de 40 minutos previstos.

A entrevista é importante para a eleição porque o JN, da TV Globo, é o principal telejornal do país. Os candidatos terão poucas chances de falar a um público tão amplo.

Além do petista, também já foram sabatinados no programa o atual presidente, Jair Bolsonaro (PL), e Ciro Gomes (PDT). Bolsonaro falou por 24 minutos. Ciro, por 30 minutos.

A formulação da 1ª pergunta a Lula, feita por Bonner, tomou 46 segundos e incluiu 88 palavras. Nas entrevistas anteriores:

  • Bolsonaro – a 1ª pergunta, de William Bonner, tomou 49 segundos e 110 palavras;
  • Ciro Gomes – a 1ª pergunta, de Renata Vasconcellos, tomou 26 segundos e 63 palavras.

Coube a Bonner, titular da bancada do JN desde 1996, abrir as entrevistas com os 2 candidatos que lideram as pesquisas: Bolsonaro e Lula. Renata, por sua vez, fez a 1ª pergunta da sabatina de Ciro.

A candidata Simone Tebet (MDB) encerra a sequência de entrevistas na 6ª feira (25.ago.2022). Terão participado os postulantes ao Palácio do Planalto mais bem colocados nas pesquisas de intenção de voto.

Leia mais sobre a entrevista de Lula ao JN:

A entrevista com Jair Bolsonaro fez o Jornal Nacional bater seu recorde audiência no ano. Foram 32,6 pontos na média consolidada. A sabatina de Lula obteve 31,4 pontos na média preliminar. Nos 2 casos, os dados valem para a Grande São Paulo.

Leia mais sobre as outras entrevistas ao JN:

Formato alterado

Até 2014, todos os presidentes que concorriam à reeleição podiam fazer as entrevistas do Jornal Nacional no Palácio da Alvorada. A sabatina de Dilma Rousseff (PT) naquele ano foi a última nesse formato.

Michel Temer (então presidente) não concorreu em 2018 e não foi entrevistado. Em 2022, o Grupo Globo decidiu exigir que todos os candidatos fossem aos estúdios da emissora, no Rio. Bolsonaro resistiu, mas acabou aceitando. 

A emissora disse que “depois das eleições de 2014, porém, decidiu que sempre realizaria as entrevistas de todos os candidatos à Presidência da República em seus estúdios, de forma a demonstrar que todos os candidatos são tratados em igualdade de condições”.

o Poder360 integra o

curtiu a reportagem? Compartilhe sua opinião

apontar erros neste texto

Written by: admin

Rate it

Previous post

“O sr. não deve nada à Justiça”, diz William Bonner a Lula

News

“O sr. não deve nada à Justiça”, diz William Bonner a Lula

“O sr. não deve nada à Justiça”, diz William Bonner a Lula Apresentador não considerou 3 investigações paralisadas pelo STF e que podem ser retomadas reprodução/TV Globo – 25.ago.2022 Lula bebe água durante sabatina do "Jornal Nacional"; à direita, os apresentadores William Bonner e Renata Vasconcellos Mariana Haubert e Caio Spechoto 26.ago.2022 (sexta-feira) - 1h23

todayagosto 26, 2022 9


0%