News

‘Museu do 11 de Setembro’ em Nova York encerra atividades por falta de público

todayagosto 19, 2022 1

Background
share close
Após 16 anos de atividades junto ao Memorial de 11 de setembro, “Museu do 11 de Setembro” fecha às portas

Segundo a co-fundadora, Jennifer Adams-Webb, a frequência de púbico diminuiu de quase 300 mil por ano para 26 mil no ano de 2021, devido à pandemia. Sem apoio, o “Museu do 11 de Setembro” fecha às portas

Da Redação – Com a baixa de público, o “Museu de Tributo ao 11 de Setembro”, em Nova York, fechou as portas na quinta-feira, encerrando uma trajetória de 16 anos, mobilizando a visitação de turistas de várias partes do planeta. Localizado próximo ao Memorial do 11 de Setembro, no Marco Zero – local onde ficavam as torres do World Trade Center –, os cofundadores disseram que após a pandemia o público não voltou ao local.

O Museu reúne peças encontradas após as explosões e implosão das torres gêmeas, além de informações e vídeos referentes aos ataques do 11 de setembro de 2001. Depoimentos de pessoas que foram diretamente afetadas pela tragédia, contadas por elas mesmas Um acervo importante, que resgata a tragédia que abalou o país.

______continua após a publicidade_______





Segundo a co-fundadora, Jennifer Adams-Webb, a frequência de púbico diminuiu de quase 300 mil por ano para 26 mil no ano de 2021, devido à pandemia.  “Os visitantes simplesmente não voltaram”, disse ela, afirmando que a única maneira de o museu permanecer aberto era com o apoio do governo.

Jennifer não conseguiu garantir isso, apesar de meses de conversas com o “Departamento de Assuntos Culturais da cidade de Nova York” e outros escritórios. O “Departamento de Assuntos Culturais” não respondeu imediatamente às solicitações dos organizadores.

____________________publicidade___________________





Written by: admin

Rate it

Previous post


0%