News

Não é verdade: de Meta bloqueando contas que falam de Deus a Zelensky vendendo terras da Ucrânia

todayagosto 19, 2022 7

Background
share close

As notícias falsas que estão circulando pelo mundo, com curadoria da equipe editorial da Blasting News

Foto: Zelensky não vendeu 17 milhões de hectares de terra a conglomerados americanos (President Of Ukraine/Flickr)

Informação exclusiva:
Estamos monitorando as redes sociais, as mídias nacionais e internacionais, e verificando agências de checagem de fatos a fim de compartilhar as notícias falsas que estão circulando pelo mundo na semana. Não se deixe enganar!

O mundo das notícias é complexo, e histórias e imagens falsas costumam ser amplamente compartilhadas nas redes sociais. A equipe editorial da Blasting News identifica as informações enganosas e as fraudes mais populares toda semana para ajudá-lo a entender o que é verdade e o que é mentira. Aqui estão alguns dos boatos falsos mais compartilhados da semana.

Mundo

Foto de Ghislaine Maxwell e juiz que autorizou busca e apreensão em mansão de Trump é manipulada

Alegação falsa: Usuários das redes sociais ao redor do mundo compartilharam uma foto que supostamente mostra o juiz americano Bruce Reinhart, responsável por autorizar a recente operação de busca e apreensão feita pelo FBI na mansão do ex-presidente Donald Trump na Flórida, acompanhado da ex-socialite britânica Ghislaine Maxwell, condenada no último mês de junho a 20 anos de prisão nos EUA por ajudar o falecido consultor financeiro Jeffrey Epstein a abusar de meninas menores de idade.

Verdade:

  • Uma busca reversa na internet mostra que a foto original foi usada em 2021 pelo Departamento de Justiça dos EUA como prova durante o processo judicial de Ghislaine Maxwell.
  • Na imagem, divulgada na época por vários veículos de comunicação americanos, é possível ver Ghislaine Maxwell acompanhada de Jeffrey Epstein.
  • A foto de Bruce Reinhart segurando uma garrafa, um copo e um pacote de biscoitos –e que acabou sendo inserida digitalmente sobre a imagem de Epstein– foi compartilhada pelo próprio juiz em seu perfil no Facebook em setembro de 2017.
  • Preso em 6 de julho de 2019, acusado de tráfico sexual envolvendo dezenas de meninas menores de idade, Epstein foi encontrado morto em sua cela na prisão em 10 de agosto de 2019.

EUA

Filme de Anne Heche “Garota no Quarto 13” não era sobre Jeffrey Epstein

Alegação falsa: Usuários das redes sociais nos Estados Unidos compartilharam a alegação de que “Garota no Quarto 13”, o mais recente filme gravado pela atriz Anne Henche, que morreu no último dia 15, após sofrer um acidente de carro, seria sobre Jeffrey Epstein.

Verdade:

  • Em nota à agência Reuters, o canal a cabo Lifetime afirmou que “Garota no Quarto 13” foi “inspirado em eventos reais”, mas que não tem qualquer relação com o caso Jeffrey Epstein.
  • Segundo comunicado de imprensa publicado no último dia 9 de junho pela A+E Networks, da qual a Lifetime é subsidiária, a produção conta a história de Grace –filha de Heche na trama–, que é mantida em cativeiro em um quarto de hotel para ser vendida a redes de tráfico de seres humanos.
  • No último dia 5 de agosto, Heche dirigia em alta velocidade, quando perdeu o controle do carro e bateu em uma casa, provocando um incêndio. A atriz, que tinha 53 anos, foi socorrida com ferimentos graves e levada para um com hospital em Los Angeles, mas acabou tendo morte cerebral.

Reino Unido

Zelensky não vendeu 17 milhões de hectares de terra a conglomerados americanos

Alegação falsa: Usuários das redes sociais no Reino Unido compartilharam a alegação de que o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, vendeu 28% de todas as terras do país aos conglomerados americanos Monsanto, DuPont e Cargill, e que esta seria “a verdadeira razão para a guerra”.

As publicações citam como fonte um relatório publicado em um site chamado Australian National Review, que afirma que as três multinacionais americanas citadas compraram “17 milhões de hectares de terras agrícolas ucranianas”.

Verdade:

  • Em primeiro lugar, o artigo publicado na Australian National Review contém uma nota de correção ao pé do texto, afirmando: “Os 17 milhões de hectares citados foram um erro, e o correto é 1,7 milhão. Note que as empresas não detêm o terreno em seu nome, mas através de fundos de investimento”.
  • De acordo com o site ucraniano especializado em agronegócio Latifundist, nenhuma das empresas mencionadas nas publicações está entre as 100 maiores proprietárias de terras atualmente na Ucrânia.
  • Em nota a agência de checagem britânica Full Fact, as empresas DuPont e Bayer (que comprou a Monsanto em 2018) informaram que as informações compartilhadas nas redes sociais são falsas e que não compraram terras na Ucrânia.

América Latina

Meta não irá bloquear a partir de janeiro de 2023 contas que falam de Deus

Alegação falsa: Usuários das redes sociais em países da América Latina compartilharam um vídeo que afirma que a empresa Meta, dona do Facebook, passará a bloquear a partir de 19 de janeiro de 2023 as contas que publicarem conteúdos relacionados a Deus.

Verdade:

  • Uma busca pelo assunto na internet mostra que o vídeo se baseia de forma equivocada em um anúncio feito por Graham Mudd, vice-presidente de marketing e publicidade de produtos da Meta, em 9 de novembro de 2021.
  • Em uma publicação no blog da Meta, Mudd informou que a partir de 19 de janeiro de 2022 a empresa passaria a remover “algumas opções de direcionamento detalhado”.
  • “Isso acontecerá porque essas opções são pouco usadas, são redundantes ou muito granulares, ou porque fazem referência a tópicos que podem ser considerados sensíveis, como causas, organizações ou figuras públicas relacionadas a saúde, raça ou etnia, afiliação política, religião ou orientação sexual”, explicou Mudd.
  • Uma breve análise das normas comunitários do Facebook mostra que não há nenhuma regra que estabeleça que conteúdos religiosos ou que falem de Deus serão penalizados ou bloqueados.

Ásia

Vídeo não mostra peixes mortos em praia de Taiwan após recentes exercícios militares da China

Alegação falsa: Usuários das redes sociais em Hong Kong compartilharam um vídeo que mostra milhares de peixes mortos em uma praia, junto da alegação de que as imagens teriam sido registradas em Taiwan.

Segundo as publicações, a cena teria sido um resultado das “bombas lançadas pela China” durante recentes exercícios militares ao redor da ilha, ocorridos em resposta à visita oficial da presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, a Taiwan.

Verdade:

  • Uma busca reversa na internet mostra que o vídeo circula na web ao menos desde novembro de 2021, quando foi publicado no YouTube com o seguinte título: “Um grande número de peixes mortos apareceu na praia da baia de Shuangyue, em Huidong, Cantão”.
  • Em um artigo publicado no dia 5 de novembro de 2021, o jornal estatal chinês Beijing News noticiou o aparecimento dos peixes na praia e indicou que, segundo as autoridades locais, as causas do incidente ainda não estavam claras.

© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS







Written by: admin

Rate it

Previous post

Fim da dupla Simone e Simaria é confirmado

News

Fim da dupla Simone e Simaria é confirmado

As irmãs Simone e Simaria viveram recentemente um período muito complicado na carreira e vida pessoal. Elas começaram a se desentender após Simaria dar uma entrevista chocante a Leo Dias, colunista do site Metrópoles. No bate-papo, a cantora desabafou e expôs problemas pessoais da dupla fora dos palcos.Além da entrevista polêmica, também aconteceram vários outros

todayagosto 19, 2022 8


0%