Nesta Segunda (20), Dólar Abre a Semana em Maior Valor Desde Fevereiro

Nesta segunda-feira (20), o dólar abriu a semana novamente em alta, acompanhando o movimento da semana anterior, com os investidores monitorando o noticiário político do Brasil e em busca de sinais sobre a trajetória das taxas de juros no exterior. A moeda norte-americana subiu 0,85%, negociada a R$ 5,1867.

No Brasil, em meio às preocupações sobre o crescimento econômico global e à aproximação das eleições presidenciais, a incerteza sobre o futuro da Petrobras foi um dos focos dos invesidores depois que José Mauro Coelho pediu demissão do cargo de presidente-executivo. Coelho é o terceiro presidente da Petrobras a deixar o comando em um contexto de insatisfação do governo com a política de preços da empresa.

No cenário externo, o foco permanece na trajetória das taxas de juros para conter a inflação e nos temores de recessão global. O feriado nos EUA (emancipação dos escravos) limita o volume das negociações nos mercados financeiros.

Junho começou com a moeda em queda, mas a partir da segunda semana o aumento foi progressivo. Já o mês de maio foi de bastante oscilação para o dólar tendendo mais à queda. Após iniciar abril caindo e sustentar valores abaixo de R$5,00 por aproximadamente duas semanas, o dólar voltou a subir nos primeiros dias de maio refletindo a alta de juros nos Estados Unidos e também no Brasil.

Até o dia 16/05 a moeda fechava a cotação acima de R$5,00 – chegando a bater R$5,14 no dia 12/05. Já a partir do dia 17/05 o dólar voltou a cair e até a primeira semana de junho encerrou abaixo de R$5 em todas as cotações. O cenário voltou a mudar no dia 06/06 com a nova tendência de alta da moeda.

Se você vive nos Estados Unidos e pensa em aproveitar o câmbio favorável recomendamos você a usar o app USEND, uma empresa americana e fundada por brasileiros que aposta em tecnologia de ponta. Use o promo code SOUL para economizar US$5 na taxa de envio.

junho 21, 2022

Written by:

X