Nesta Terça (21), Dólar Tem Leve Queda, mas Segue Acima de R$5

Nesta terça-feira (21), o dólar fechou em leve queda – mais ainda acima de R$5, com participantes do mercado digerindo a ata da última reunião de política monetária do Banco Central na qual foi indicada a necessidade de manter a taxa básica de juros em nível elevado por período prolongado. A moeda norte-americana caiu 0,62%, vendida a R$ 5,1547.

No Brasil, na semana passada, Banco Central subiu a taxa Selic a 13,25% ao ano, e disse que antevê um novo ajuste, de igual ou menor magnitude, na reunião de agosto. Com isso, sinaliza uma alta de 0,5 ponto percentual, ou menos.

No comunicado da última semana, a autoridade monetária também afirmou que as medidas de cortes de tributos para baratear combustíveis, energia e telecomunicações, em tramitação no Congresso, reduzem sensivelmente a inflação neste ano, mas elevam, em menor magnitude, a inflação no horizonte relevante da política monetária. A afirmação foi reforçada na ata.

Já no cenário externo, o foco permanece na trajetória das taxas de juros para conter a inflação e nos temores de recessão global. O Goldman Sachs somou-se a outras grandes instituições financeiras e elevou as chances de a economia norte-americana entrar em recessão ao longo do próximo ano para 30%, cerca de uma semana depois que o Federal Reserve promoveu sua maior alta de juros desde 1994, de 0,75 ponto percentual, para conter o aumento da inflação.

Junho começou com a moeda em queda, mas a partir da segunda semana o aumento foi progressivo. Já o mês de maio foi de bastante oscilação para o dólar tendendo mais à queda. Após iniciar abril caindo e sustentar valores abaixo de R$5,00 por aproximadamente duas semanas, o dólar voltou a subir nos primeiros dias de maio refletindo a alta de juros nos Estados Unidos e também no Brasil.

Até o dia 16/05 a moeda fechava a cotação acima de R$5,00 – chegando a bater R$5,14 no dia 12/05. Já a partir do dia 17/05 o dólar voltou a cair e até a primeira semana de junho encerrou abaixo de R$5 em todas as cotações. O cenário voltou a mudar no dia 06/06 com a nova tendência de alta da moeda.

Se você vive nos Estados Unidos e pensa em aproveitar o câmbio favorável recomendamos você a usar o app USEND, uma empresa americana e fundada por brasileiros que aposta em tecnologia de ponta. Use o promo code SOUL para economizar US$5 na taxa de envio.

junho 21, 2022

Written by:

X