News

Os Marcos (Rogério e Rocha) disputando o segundo turno em Rondônia, Rogério tem coletiva em seguida as apurações, agiotas exigiram de candidatos SW4 como garantia

todayoutubro 3, 2022 2

Background
share close

Por Waldir Costa / Rondônia Dinâmica


Publicada em 02/10/2022 às 19h36

 Segundo… Eleições em segundo turno a governador de Rondônia era previsível, inclusive em diversas oportunidades o assunto foi abordado na coluna. Não foi surpresa. Assim como também surpreendeu que o governador Marcos Rocha (UB) e o senador Marcos Rogério (PL) chegassem na disputa pelo governo do Estado entre os dois primeiros mais bem votados em Rondônia. A expectativa era de um segundo turno entre Rocha e o candidato de centro-esquerda, ex-governador Daniel Pereira (SD), da Frente Democrática integrada pelo demais partidos, PT, PV, PSB, PCdoB, SD e PDT. Daniel não conseguiu consolidar sua candidatura, apesar de “abraçar” o candidato a presidente, Lula da Silva, do PT. A votação de Daniel não chegou a dois dígitos.  


…Turno – Mais uma vez Rondônia demonstrou ser um Estado bolsonarista. Rocha se elegeu em 2018 em campanha fechada com o presidente Jair Bolsonaro, na época, ambos pelo PSL. Após a apuração dos votos no Estado dois candidatos ligados a Bolsonaro chegaram ao segundo turno. A Frente Democrática não terá a quem apoiar nas eleições do próximo dia 30, a não ser trabalhar a campanha de Lula a presidente. E Rocha certamente terá o apoio do terceiro colocado, deputado federal Léo Moraes (Podemos), que durante a campanha fez duras críticas ao senador Marcos Rogério. A tendência é Moraes apoiar Rocha, mas como em política nada é impossível, como já dizia o saudoso ex-governador de Minas Gerais, Magalhães Pinto, recomenda-se aguardar as próximas semanas.  


Eleições – Rondônia terá segundo turno para as eleições a governador, com os dois Marcos (Rogério e Rocha) disputando quem governará o Estado a partir de janeiro do próximo. Na noite de hoje a Assessoria de Imprensa de Rogério já estava convidando os órgãos de comunicação da capital para coletiva no comitê central do PL, na avenida Nações Unidas, no prédio da antiga loja de materiais de construção Catarinense, antes do mesmo do final da apuração. Mais de 70% dos votos já estavam apurados pela Justiça Eleitoral e Marcos Rogério já está se preparando para o segundo turno, que promete ser dos mais disputados.   


Eleições – Como choveu com intensidade na madrugada em Porto Velho, o dia amanheceu com temperatura em torno de 22 graus. Isso favoreceu o processo de votação com a maioria dos locais estando movimentado desde às 7h, horário de Rondônia, uma hora a menos que Brasília. A movimentação permaneceu tranquila e, somente entre 11h e 14h a movimentação cresceu, mesmo assim sem atropelos, pois na maioria dos locais o trabalho das equipes da Justiça Eleitoral funcionou bem, sempre orientando e organizando as filas para votação. A demora maior era de pessoas que tinham dificuldades com as urnas eletrônicas, pois foram necessários cinco procedimentos para que o eleitor pudesse confirmar sua votação: deputado federal, deputado estadual, senador, governador e presidente da República.  


Desespero – A força do poder econômico ficou evidente nas eleições de hoje (2) em Rondônia. Muitos candidatos que tinham recursos financeiros mais que suficientes para uma campanha bem-feita, organizada, planejada, negligenciaram e a acabaram perdendo espaços durante a luta pela busca dos votos. Na reta final o desespero bateu. Comentou-se nos bastidores, que os agiotas mais conhecidos dos políticos liberavam R$ 100 mil em dinheiro, mas o favorecido tinha que deixar uma SW4 como garantia. E assim a compra de votos foi um dos pontos negativos na campanha deste ano, além de o abuso de “santinhos” esparramados pela cidade por alguns candidatos às imediações de locais de votação, desafiando a Justiça Eleitoral.  


Respigo  


Este ano não tivemos, como em eleições anteriores a tradicional pesquisa de “boca de urna”, que na maioria das vezes já antecipava os resultados aos cargos majoritários, como de presidente da República e governadores e, também nas eleições municipais, a prefeito. Proibição desnecessária da Justiça Eleitoral, pois era um trabalho jornalístico, que mobilizava as rádios e sites eletrônicos e criava um clima de expectativa sobre o resultado das urnas+++ Este ano tudo ficou restrito as redes sociais, mais com “pitacos”, que informações. É o mundo moderno, da tecnologia +++ Impressionante a movimentação na maioria dos postos de gasolina em Porto Velho desde as primeiras horas da manhã de hoje (2). Filas enormes e todos os motoristas com um vale-combustível em mãos distribuídos pelos candidatos a cargos eletivos nas eleições +++ Pela manhã o governador de Rondônia, Marcos Rocha (UB) votou no Colégio Tiradentes, na capital. A candidata a vice de Marcos Rogério (PL), a médica Flávia Lenzi (PL), que votava no mesmo local teria se negado a cumprimentar Rocha +++ No mínimo uma atitude desnecessária. Ambos são adversários, não inimigos políticos.

Written by: admin

Rate it

Previous post

Primeiro homicídio do mês é registrado em Ji-Paraná.

News

Primeiro homicídio do mês é registrado em Ji-Paraná.

Na manhã deste domingo, 2 de outubro o primeiro homicídio do mês foi registrado pela policia militar. O crime ocorreu por volta das 7hrs da manhã em um bar na T-28 com Rua Goiânia no bairro Nossa Senhora de Fátima, segundo distrito de Ji-Paraná. Segundo informações dois homens chegaram em uma motocicleta pela T-28 e

todayoutubro 3, 2022


0%