Oscar 2022: Curta de Diretor Carioca Perde a Estatueta Para “The Queen of Basketball”

Por Ana Caroline de Carvalho

Onde eu Moro (Divulgação/Netflix)

As chances de o Brasil levar uma estatueta no Oscar 2022 foram por água baixo. Isso porque o documentário “Onde eu Moro” (tradução livre), dirigido pelo carioca Pedro Kos e pelo americano Jon Shenk perdeu o prêmio na categoria de Melhor de Documentário em Curta-metragem, para “The Queen of Basketball’’.

O documentário expõe a realidade de moradores de rua nos Estados Unidos e faz com que o expectador reflita a respeito da urgência da discussão sobre a crise humanitária que o país enfrenta. A produção está disponível na plataforma de streaming Netflix.

Mas essa não foi a única vez que um brasileiro concorre à uma estatueta na mais importante premiação do cinema mundial. Outros brasileiros já foram indicados nas categorias de Melhor Canção Original, Melhor Filme Internacional, Melhor Atriz, Diretor, Roteiro Adaptado, Edição e Fotografia.

E pela primeira vez na história do Oscar, 8 categorias ficaram de fora da transmissão ao vivo, inclusive a que o diretor carioca competia. Com uma organização confusa, a Academia divulgou os vencedores das categorias deixadas de lado da festa, através de tweets.

março 28, 2022

Written by:

X