Qual o futuro do marketing automotivo?

Sem sombra de dúvidas, o marketing automotivo deverá começar a investir em digitais influencers. Confira aqui!

Veja os países que mais venderam carros eletrificados em 2021.
Veja os países que mais venderam carros eletrificados em 2021. Foto: Pexels.

Por mais disruptivos que os próximos 10 anos sejam em termos de design e engenharia de veículos, a reviravolta em áreas como o marketing automotivo e construção de marcas será ainda maior. De fato, assim como modelos de negócios inteiros não eram possíveis na era pré-smartphone, novas plataformas de publicidade e promoções estão começando a dominar o espaço de mensagens de determinadas marcas.

Nesse sentido, o Instagram e TikTok são os mais disruptivos dos recém-chegados, pelo menos em comparação com jogadores “OG” como Facebook, Twitter e YouTube. Além disso, as estatísticas são chocantes. O Instagram atingiu um bilhão de usuários em menos de 10 anos após seu lançamento, enquanto o TikTok provou ser ainda mais explosivo, atingindo um bilhão de usuários em janeiro passado — cinco anos após seu lançamento.

Nenhuma indústria pode se dar ao luxo de ignorar esses números, mas como podem as marcas antigas se apropriarem dessas plataformas como meio de marketing? De fato, as marcas terão que usar como meio de divulgação os digitais influencers, pessoas que alcançam o maior número de visualizações nas plataformas digitais.

A realidade é que marcas que buscam entusiastas automotivos mais tradicionais não estão sem sorte no mundo dominado por jovens influenciadores de mídia social. Will Collette, ou “BilllCo”, como é conhecido online, é um comerciante de 28 anos apaixonado por automóveis que rivaliza com Jay Leno ou Jerry Seinfeld.

Como capitão da Força Aérea recém-saído do serviço, ele raspou dinheiro suficiente para comprar um V6 Roush Mustang com 300 cavalos de potência, depois adicionou peças de pós-venda para impulsioná-lo para mais de 500 cv, juntamente com um “wrap” exterior distinto para garantir que se destacasse em eventos de carros e em postagens nas redes sociais. Dessa forma, conquistando um veículo cobiçado e, consequentemente, fazendo o marketing para a empresa que projetou e construiu a “máquina”.

junho 13, 2022

Written by:

X