News

Redes de 5G em Porto Velho e Rio Branco entram em operação dia 5

todaysetembro 27, 2022

Background
share close


Cidades

Terça-feira, 27 Setembro de 2022 – 11:10
| Redação


Manaus, Belém, Rio Branco, Porto Velho e Macapá deverão ter o tão esperado 5G puro a partir do próximo dia 6 de outubro. Com isso, todas as capitais do país estarão cobertas com a nova tecnologia.

A informação é de Moisés Queiroz, conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e presidente do Gaispi, grupo responsável por acompanhar a instalação da nova rede.

Pelas regras, o prazo para todas as capitais estarem com a rede implantada acabava originalmente em julho, mas foi sendo postergada por conta de problemas logísticos envolvendo o lockdown na China e a guerra na Ucrânia.

Pelo cronograma atual, todas as capitais deveriam estar com as redes implantadas até o fim de outubro e ligadas até o fim de novembro.

— O Gaispi se reúne no dia 4 de outubro. E a nova rede estará disponível a partir do dia 6 de outubro. As empresas de telefonia estão indo além do exigido em edital e instalando até quatro vezes mais antenas. Isso ocorre por conta da competição — disse Queiroz.

Segundo ele, os testes nessas últimas capitais já começaram, o que vai permitir liberar o 5G na próxima semana. Originalmente, a capital do Amazonas e do Pará eram vistas com preocupação por conta da interferência com as antenas de TV. A previsão inicial era que essas duas capitais poderiam ter 5G apenas no fim do ano.


SIGA-NOS NO

Written by: admin

Rate it

Previous post

: Como está a situação das universidades no Brasilー e as propostas dos principais candidatos sobre o assunto

News

: Como está a situação das universidades no Brasilー e as propostas dos principais candidatos sobre o assunto

Eleições Terça-feira, 27 Setembro de 2022 - 10:40 | RedaçãoSegundo levantamento da Unicef, apenas 4% das menções às eleições deste ano na internet são relacionadas à educação. Apesar deste assunto não estar em destaque no debate eleitoral, o tema precisa de atenção especial ーprincipalmente pelos recentes cortes na área, fruto da situação econômica delicada do Brasil.Em

todaysetembro 27, 2022


0%