Rodoviária de BH, terminais e estações são leiloados por R$20 mi

A Rodoviária de Belo Horizonte, cinco terminais e 17 estações do transporte metropolitano foram leiloados, na tarde desta sexta-feira (25), por R$20 milhões. A empresa que vai assumir a concessão do Tergip (Terminal Rodoviário Governador Israel Pinheiro) e das demais estruturas é a Consórcio Terminais BH.

A concorrência pública aconteceu na sede da Bolsa de Valores, em São Paulo e começou com o valor de R$1.036.779,38. O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), acompanhou a sessão.

“Tenho certeza que o usuário da rodoviária e das demais estações e terminais terão mais conforto e segurança. Nós queremos recompensar o cidadão que paga tantos impostos”, disse o chefe do estado ao bater o martelo do leilão.

A concessão tem duração de 30 anos e a empresa deverá investir, nos primeiros 36 meses, R$116 milhões. Entre as ações previstas nas estruturas, estão a melhoria das condições de utilização dos banheiros e fraldários, revitalização das sinalizações, disponibilização de internet wi-fi gratuita e tomadas de energia elétrica para os usuários e revisão dos sistemas de escadas rolantes, esteiras e elevadores.

Além da Rodoviária de BH, o projeto prevê a concessão dos terminais metropolitanos de Sarzedo, Ibirité, Justinópolis, Morro Alto (Vespasiano) e São Benedito (Santa Luzia).

Da mesma forma, serão concedidas, também, as estações Risoleta Neves, Portal Santa Luzia, Ubajara, Atalaia, Alvorada, Bernardo Monteiro, Nossa Senhora de Copacabana, UPA Justinópolis, Aarão Reis, Oiapoque, Parque São Pedro, Canaã, Bosque da Esperança, Trevo Morro Alto, Cidade Administrativa, Serra Verde e Trevo Santa Luzia.

março 25, 2022

Written by:

X