News

Saiba Porque Está Tão Caro Viajar de Avião nos Estados Unidos e no Brasil

todaysetembro 30, 2022 1

Background
share close

Se você andou pesquisando preços de passagens aéreas recentemente, provavelmente ficou impressionado com os valores das tarifas que estão pelas nuvens. Apesar dos seus melhores esforços para ser flexível em datas, rotas e aeroportos (e nossa consultora de viagens sabe fazer isso com precisão) você simplesmente, temos quase que certeza, não conseguiu encontrar aquele precinho acessível que estava acostumado a ver.

Bem, aqui nesse artigo, vamos tentar explicar de forma rápida e direta o porque os preços de passagens aéreas estão tão caros nesse ano de 2022. Há toneladas de considerações que envolvem os preços das passagens, mas nossa consultora de viagens Magali Da Silva, que tem vasta experiência, nos ajudou a esclarecer. E não é tão complicado.

Inicialmente, podemos dizer que essa é uma das consequências remanescentes pela pandemia do Covid-19 e que afetou o nicho do turismo em todo o mundo. Bom salientar que quase em todo o mundo os preço da gasolina e seus derivados, assim como outros vários produtos, dispararam. A inflação nos EUA, por exemplo, no mês de abril (2022) existiu uma quebra de recorde de alta na inflação de 40 anos, e esse recorde foi batido novamente no mês de julho depois do anuncio do índice de preços ao consumidor ter chegado a 9,1% em relação ao ano anterior, o maior ganho desde o final de 1981.

O fato é que durante dois anos, a população mundial foi impedida de viajar, e em 2022 com uma maior abertura (e progressiva) da economia e das restrições, e a maior parte da população vacinada, as pessoas queriam voltar a viajar e usufruir mais a vida e não esperaram. Muita gente ficou ansiosa, e no mundo todo, para voltar a conhecer novos lugares, visitar amigos e parentes, etc.

E as companhias aéreas, que ficaram no vermelho em 2020 e 2021 sabiam dessa ansiedade e necessidade do consumidor e viajante. As empresas aéreas se aproveitaram do famoso fenômeno conhecido como “oferta e demanda”, ou seja, quanto maior a procura maior o valor. No caso particular do Brasil, por ser país emergente, o mesmo sofre influência de diversos outros países, principalmente dos Estados Unidos. E com a alta do dólar a impacto direto nos preços de passagens, em particular, internacionais.

Abaixo, colocamos um resumo das principais razões dos aumentos nas passagens em geral:

1. Maior demanda ocasiona menos promoções e voos baratos


2. Os preços do combustível de aviação afetam os preços dos tickets ou bilhetes.


3. Viagens de negócios influenciaram os preços dos voos.


4. Evitar o espaço aéreo em determinadas zonas torna as passagens aéreas mais caras – o caso na guerra na Ucrânia por exemplo, em caso de certos voos internacionais.


5. Dinâmica de uma Rota. Como você pode esperar, se houver apenas uma companhia aérea atendendo a um mercado específico, isso lhes dará a capacidade de cobrar o preço mais alto possível.


6. Ganancia das empresas aéreas ou vamos dizer assim, reto de recuperação rápida e mais pronta possível dos prejuízos gerados com a pandemia de Covid-19.

* Para passagens aéreas Brasil ou América Latina, pacotes de viagens, hotéis e estadias alternativas, bem como cruzeiros nos Estados Unidos, entre contato com agente de viagens e organizadora de nossas personalizadas, Magali da Silva. Telefone/WhatsApp: 1 (323) 428-1963 – e-mail: magali_at_soulbrasil.com

Written by: admin

Rate it

Previous post

Seleção inicia preparação para a Copa 2022

News

Seleção inicia preparação para a Copa 2022

Seleção inicia preparação para a Copa 2022 Fonte: Canva Pro A seleção brasileira tem muito pouco tempo para iniciar o caminho para encontrar o seu um sexto troféu. A Copa de 2022 iniciará em bem menos de 100 dias, em 20 de novembro. Apesar da proximidade do início do torneio ainda há muita incerteza sobre

todaysetembro 30, 2022 4


0%