News

Vereador André do Sindicato homenageia os Agentes Comunitário de Saúde e de Combate às Endemias

todayoutubro 5, 2022

Background
share close
Presidente André do Sindicato 

  O presidente da Câmara de Vereadores de Nova Mamoré, vereador André Luiz Baier, o André do Sindicato, em uma singela homenagem ao Dia 04 de Outubro, Dia do Agente Comunitário de Saúde – ACS e ao Agente de Combate às Endemias – ACE. “São profissionais de excelente gabarito e que estão em contato direto com a nossa população”, destacou o presidente do Poder Legislativo citando que são profissionais essenciais para a comunidade.

“O Agente Comunitário é o profissional responsável por realizar visitas domiciliares, ouvir os relatos da comunidade, identificar os problemas e agravos de saúde e informar a demanda da população para uma equipe do programa Estratégia de Saúde da Família – ESF. Ele se destaca pela capacidade de se comunicar com as pessoas e pela liderança natural que exerce. É uma figura fundamental na saúde da família, leva informações de saúde para a população”, ponderou André do Sindicato.

“Por outro lado, o Agente de Combate às Endemias – ACE é um profissional fundamental para o controle de endemias. Os profissionais têm como missão ampliar o acesso da população às ações e aos serviços de informação, de promoção e proteção a saúde coletiva em conformidade com as diretrizes do Sistema Único de Saúde – SUS. Estão inseridos na comunidade, criando vínculos com a população, ele conhece os principais problemas da região. Os agentes de endemias contribuem para promover uma integração entre as vigilâncias epidemiológica, sanitária e ambiental. Assim como estão diretamente ligados a visitas domiciliar cuidam e orientam a população, objetivando à promoção da saúde da comunidade, além de descobrir focos do mosquito Aedes Aegypti, destruir e evitar a formação de criadouros e impedir a reprodução de focos”, destacou vereador André.

Fonte: Assessoria

Written by: admin

Rate it

Previous post

CRÔNICAS GUAJARAMIRENSES: O MIRIM JÁ ERA

News

CRÔNICAS GUAJARAMIRENSES: O MIRIM JÁ ERA

Por Paulo Saldanha  Ora, pois! - diriam os lusitanos. Por que MIRIM, no caso de Guajará, se a cidade ora lembra Nova Iorque, ora Paris e, de vez em quando, Londres?... Afinal, são cidades com semelhanças, aparelhadas com equipamentos iguais, modernos, tecnologia ultra avançadas e com qualidade de vida superior. Que Deus me perdoe pelo esforço

todayoutubro 5, 2022 1


0%